Esportes

Depois de Ney Franco, Flamengo mira diretor de futebol do Vitória

As mudanças que estão sendo realizadas no Flamengo podem mexer mais uma vez no Vitória. Após demitir o técnico Jayme de Almeida e anunciar o retorno de Ney Franco, que pediu para deixar o Leão, o time carioca mira em mais uma peça do rubro-negro baiano. A bola da vez é o diretor de futebol Felipe Ximenes, que assumiu o clube no mês passado após a saída de Raimundo Queiroz. De acordo com a imprensa carioca, Ximenes é um dos nomes preferidos do presidente Eduardo Bandeira de Mello para ocupar a vaga de Paulo Pelaipe, também demitido do clube. Ciente da especulação, o vice-presidente do Vitória, Epifânio Carneiro, faz um alerta e avisa que se o Flamengo quiser contar com Ximenes terá que pagar a multa rescisória do dirigente, que tem contrato com o Leão até 2016.  

"Não vamos fazer nada. Temos um contrato e todos os contratos tem uma cláusula de rescisão, uma multa. É só pagar. Não vamos fazer nada. A mesma coisa do Ney Franco, que pediu para sair. Não é uma coisa que podemos interferir. Não queremos que ele saia, começou um trabalho agora e estamos gostando da sua maneira de trabalhar", disse Epifânio em conversa com o iBahia Esportes.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo