Esportes

Família de Schumacher se prepara para receber piloto em casa, diz jornal

A esposa do ex-piloto Michael Schumacher, Corinna, mandou construir uma suíte médica na mansão onde mora com a família, em Lake Geneva, na Suíça, para quando o alemão deixar o hospital. De acordo com o ‘Mail Online’, o objetivo das obras, que custaram R$ 40 milhões, é construir um quarto que funcionará como uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), completamente equipado com aparelhos avançados em tecnologia hospitalar. O quarto médico de Schumacher terá ainda uma equipe, formada por médicos, fisioterapeutas para massagear as articulações atrofiadas, nutricionistas, enfermeiros e especialistas em neurologia. Ainda de acordo com a publicação, a atitude de construir o cômodo se deu porque os médicos teriam dito que o ex-piloto não irá acordar do coma. Com isso, a tendência é que Schumacher volte para casa e seja recebido com uma estrutura adequada. Michael Schumacher está em coma desde o dia 29 de dezembro de 2013, quando sofreu um grave acidente de esqui e bateu a cabeça contra uma rocha. Desde então, o ex-piloto já passou por suas neurocirurgias e perdeu cerca de 25% do seu peso.  A expectativa dos médicos é que, caso acorde, o alemão fique em estado vegetativo pelo resto da vida. "Milagres acontecem, é claro, e como um homem rico, ele tem o melhor atendimento que o dinheiro pode comprar. Mas todo o dinheiro do mundo não pode corrigir o que aconteceu com ele. A família está fazendo arranjos para um futuro de imobilidade permanente", disse um amigo de Schumacher. Informações Correio 24h

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo