Esportes

Bahia leva SURRA do CSA: 4 x 1, primeiro vexame

Com um time renovado e com as esperanças de um ano vitorioso reforçadas, o Esporte Clube Bahia estreou hoje à noite, jogando no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela Copa do Nordeste, contra o Centro Sportivo Alagoano, de forma vergonhosa

O time estreou quatro dos novos contratados e teve muitas dificuldades, especialmente no primeiro tempo, quando praticamente não viu a cor da bola e foi dominado pelo modesto time de Alagoas, que abriu o placar com Jéferson Maranhense, aos 17 minutos. Depois disso, o time tricolor, claramente desentrosado, não mostrou qualquer poder de reação, enquanto o CSA aumentou a pressão, fez o segundo com Mineiro, que a princípio pareceu ilegal, fez o terceiro com Daniel Costa e, curiosamente, até merecia um placar maior, pelo volume de jogo ao final dos primeiros 45 minutos.

O Bahia simplesmente não existiu, mostrou velhas falhas, e ainda que intitulado como BAHIA NOVO, mostrou-se uma versão piorada daquilo que foi chamado de BAHIA VELHO.

No segundo tempo, o técnico Marquinhos Santos removeu o sempre apagado Talisca e o desaparecido Rafael, para a entrada do volante Fahel e do atacante Rafinha. E foi justamente Rafinha, que na sua primeira jogada descontou para o Bahia, abrindo perspectivas que, pelo menos no segundo tempo, o CSA teria um adversário pela frente.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo