Esportes

Paulo Angioni deixa o Esporte Clube Bahia

 Tem que cair um por um. Se o presidente Marcelo Guimarães fosse realmente torcedor do Bahia, convocaria o conselho e entregava o cargo. Mas sabemos que a vaidade está acima de tudo, pelo menos no estilo MGF de notar o Bahia. Mas Paulo Angione teve a grandeza de reconhecer que já não contribui com o Bahia e pediu o boné e vai embora, é o que informa o site Bahia Noticias, no entanto ainda sem ainda confirmação oficial do clube. Veja 


O dirigente tricolor, através da assessoria de imprensa do clube, informou a decisão. Na tarde desta segunda-feira (13), na sala de imprensa do Fazendão, o agora ex-gestor concederá entrevista coletiva. Aos 65 anos, Paulo Sérgio Scudieri Angioni deixou o comando do futebol do tricolor após três temporadas. Em 2010, no seu primeiro ano de gestão, ajudou o clube no retorno à elite do futebol brasileiro. 


A relação, porém, com o passar dos anos, ficou abalada com inúmeras contratações que não deram certo, além do fraco desempenho nos campeonatos nacionais. Foram mais de cem jogadores em Salvador no período da sua gestão. Angioni, ainda que contestado pela torcida, sempre foi muito bem visto pelos jogadores. 


Era uma pessoa de excelente relacionamento dentro elenco e, somado a boa relação com membros da diretoria, se tornavam fatores para sua permanência. No início da temporada, apesar da sondagem do Grêmio, o agora ex-gestor de futebol do Bahia confirmou a permanência no clube. A decisão, no entanto, durou apenas cinco meses. Informações do Futebol baiano

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo