Educação e Cultura

Ao todo, MEC elimina 36 candidatos do Enem por foto em rede social

No segundo dia de provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) de 2013, o Ministério da Educação desclassificou mais 12 candidatos que postaram imagens das provas e dos cadernos de respostas nas redes sociais. Ontem, 24 estudantes também foram eliminados pela prática. O ministro Alozio Mercandante (Educação) informou que o número ainda pode crescer porque o sistema de monitoramento continua. "É atitude que só prejudica eles". No ano passado, 65 candidatos foram eliminados por postarem fotos na rede social quando já estavam no local de prova.

Neste domingo, os alunos que responder a 90 questões objetivas (de múltipla escolha) sobre linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias. O tema da redação foi: "Efeitos da implantação da Lei Seca no Brasil". Ontem, os estudantes responderam a 90 questões objetivas de ciências humanas e ciências da natureza. A prova foi considerada multidisciplinar, como de costume, mas também explorou conteúdos com profundidade.

Ao todo, 7,1 milhões pessoas se inscreveram no Enem neste ano –um recorde desde o surgimento do exame, em 1998. Em relação ao ano passado, um aumento no número de inscritos de 23,87%. A previsão é de que os gabaritos do exame sejam divulgados na próxima quarta-feira (30). A prova é utilizada na seleção de todas as universidades federais, pré-requisito para o acesso a programas como Ciência sem Fronteiras, Prouni e Fies, e certifica conclusão do ensino médio. Informações Folha

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo