Educação e Cultura

Nordeste enviou o maior número de graduandos para o exterior pelo Ciência Sem Fronteiras

Segundo pesquisa da Folha, o Nordeste foi a região que mais enviou estudantes para o exterior pelo programa Ciência sem Fronteiras. A iniciativa dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Educação (MEC) busca expandir o âmbito universitário brasileiro por meio do intercâmbio e da mobilidade internacional. Outra aposta é a de que a vivência dos estudantes no exterior qualifique o mercado de trabalho regional. Até agosto, o governo concedeu 547 bolsas para cada 100 mil universitários nordestinos, contra 509 no Sudeste. As bolsas oferecidas pelo Brasil somam quase 37,8 mil, das 101 mil prometidas até 2015. 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo