Educação e Cultura

Enem 2018 recebe pedidos de isenção da taxa de inscrição até hoje

Termina neste domingo (15) o prazo para candidatos da edição 2018 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) solicitarem a isenção na taxa de inscrição das provas. O prazo vai até as 23h50 deste domingo e, segundo confirmado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ao G1, ele não será prorrogado.Até as 14h45 de sábado(14), o Inep tinha registrado 3.472.247 pedidos de isenção.É necessário entrar em uma página especial do site do Enem e preencher os campos com os dados pessoais.Nesta edição, o valor a ser pago para fazer a prova é de R$ 82. Estão isentos aqueles que:– Estão cursando a última série do Ensino Médio, em 2018, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar;– Fizeram todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsistas integrais na rede privada, e têm renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio (R$ 1.431);– Estão em situação de vulnerabilidade socioeconômica por serem integrantes de família de baixa renda e que possuam Número de Identificação Social (NIS), único e válido, e renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 477) ou renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 2.862);– Fizeram o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2017 e atingiram nota mínima para certificação.Em 2017, 3,24 milhão de candidatos (48,2% do total) conseguiram o direito à isenção, após comprovarem a renda. Outros 1,48 milhão (22,1%) não pagaram a taxa de inscrição por serem concluintes do ensino médio na rede pública. O restante dos inscritos – 1,99 milhão (29,7%) – pagou a taxa. Lembrando que, no ano passado, ainda não havia o benefício para participantes do Encceja.Os alunos que solicitarem a isenção da taxa de inscrição dentro do prazo saberão se o pedido foi aprovado no dia 23 de abril.Caso seja negado, é possível recorrer entre 23 e 29 de abril. Nesses dias, o candidato poderá apresentar novos documentos que comprovem seu direito à isenção. Fonte : G1

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo