COVID-19Destaque

EUA aprovam aplicação da Pfizer em menores de cinco a 11 anos

Farmacêutica afirmou, após estudo, que imunizante é seguro e eficaz em 90,7% dos casos com este público

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, da sigla em inglês) dos Estados Unidos aprovou a aplicação da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech em crianças de 5 a 11 anos. O anúncio foi feito na terça-feira (2), após a autorização da FDA – equivalente à Anvisa nos EUA de lá – na última sexta-feira (29).

Os especialistas que votaram apontaram que os benefícios da prevenção contra a Covid-19 superam eventuais riscos associados à vacinação nesta faixa etária. Houve uma abstenção.

No dia 22 do mês passado, a Pfizer informou que a vacina contra a Covid-19 é segura e mais de 90,7% eficaz na prevenção de infecções em crianças de 5 a 11 anos. A conclusão é fruto de estudo desenvolvido com 2.268 crianças.

Os voluntários receberam duas doses da vacina, , com três semanas de intervalo, ou placebo. A dose foi de um terço da quantidade administrada a adolescentes e adultos. Segundo os pesquisadores, 16 crianças que receberam o placebo foram infectadas pelo novo coronavírus, em comparação com três nos quais o imunizante foi aplicado. 

Fonte: G1

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo