COVID-19

Homem que testou 43 vezes positivo para Covid diz: ‘Fiquei com os dois pés na cova’

Em 2018, o primeiro problema grave de saúde: um câncer. Em 2019, mais um susto: uma cirurgia no coração. Em março de 2020, veio o coronavírus e o britânico aposentado Dave Smith, de 72 anos, teve que enfrentar um novo desafio. Com a imunidade baixa após controlar de vez o câncer com quimioterapia pesada, ele teve uma infecção totalmente fora da curva.

O primeiro teste deu positivo, o segundo também, o terceiro a mesma coisa… Quatro meses depois, a história começou a ficar esquisita: já tinham sido 15 testes e nada de o vírus ir embora. Ao todo, Dave foi internado sete vezes, perdeu 60 quilos, 43 testes de Covid deram positivo. O sofrimento durou quase um ano: de abril de 2020 a março de 2021.

Os médicos ainda não sabem com 100% de certeza como Dave conseguiu se recuperar. Eles usaram tratamentos experimentais que podem ter ajudado e o caso está sendo estudado por cientistas da Universidade de Bristol. O principal desafio no momento é descobrir como o vírus se esconde e sofre mutações no corpo humano – e como, afinal, consegue infectar uma pessoa por tanto tempo.

“Não quero pular de asa-delta, não quero nadar com golfinho Só quero viver minha vidinha normal. Tenho visto mais meus amigos e passado mais tempo com minha mulher, que foi incrível”, afirma Dave.

Fonte: Voz da bahia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo