Cotidiano

MPF investiga medidas de combate ao incêndio na Chapada Diamantina

O Ministério Público em Irecê instaurou um procedimento preparatório apurar as providências adotadas pelos órgãos competentes para combater os focos de incêndio que atingiram a região da Chapada Diamantina. O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) responsável pelo Parque Nacional da Chapada Diamantina, a Superintendência do Ibama na Bahia e a Secretaria Estadual do Meio Ambiente foram oficiados para esclarecer detalhes sobre o incêndio e as medidas adotadas para combater o fogo.

O procedimento foi instaurado na última segunda-feira (16) e estabeleceu o prazo de dois dias, contados a partir do recebimento dos ofícios, para que os órgãos respondam às solicitações. O documento é assinado pelo procurador da República Márcio Albuquerque de Castro e solicita informações como quantidade, localização e extensão de todos os focos de incêndios, principalmente os que se situaram no interior e nas proximidades do Parque Nacional da Chapada Diamantina. Além das providências adotadas por cada órgão para combater o incêndio e os recursos materiais e humanos utilizados. O MPF ainda questionou se os recursos empregados seriam o suficiente e adequados para combater o incêndio.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo