Cotidiano

Maioria dos furtos contra turistas em Salvador se concentra no Centro Histórico durante Copa

A maior parte dos casos de crimes contra turistas em Salvador durante a Copa do Mundo está concentrada no Centro Histórico, segundo balanço da Secretaria de Segurança Pública apresentado neste sábado (21). Entre os dias 12 e 19 junho, os crimes contra estrangeiros representaram 76,6% dos turistas vítimas no período. Dos 128 delitos contra turistas, três de cada quatro casos ocorreram no Centro Histórico da cidade. Entre os outros pontos de ocorrência estão os bairros do Rio Vermelho (4,7%) e Barra (3,9%), além da região do centro da cidade (3,9%). Fora de Salvador, também foram registrados quatro casos (3,1%), em Porto Seguro, onde estão treinando as seleções da Alemanha e Suíça. Os turistas brasileiros foram as maiores vítimas, com 30 casos registrados. Entre as outras nacionalidades de turistas que também foram vítimas de crime na Bahia estão 21 pessoas da Alemanha, 14 da Austrália, 13 da Holanda, nove da Inglaterra, oito da Suíça e sete da França. Informações Folha de S. Paulo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo