Cotidiano

Mulher é condenada a pagar R$ 93 mil a ex-marido por mentir sobre paternidade

Uma mulher da cidade de São Gonçalo dos Campos, no interior da Bahia, foi condenada a pagar R$ 93 mil ao ex-marido por danos morais causados por mentir sobre a paternidade da suposta filha do casal. Após o exame que negou a presença do DNA do ex-marido na sua suposta filha biológica, o juiz determinou a retificação do registro de nascimento da menina e condenou a mulher a pagar o valor de R$ 93 mil reais de indenização por danos morais. Informações Metro1

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo