Cotidiano

Indústria de bebidas terá que pagar R$ 15 mil após consumidor achar “corpo estranho” em refrigerante

A Spal Indústria Brasileira de Bebidas, empresa que produz e distribui o refrigerante Coca-Cola em Belo Horizonte, foi condenada a pagar R$ 15 mil a um consumidor por danos morais, após o mesmo ter achado "um corpo estranho assemelhado a um plástico" dentro de uma garrafa de vidro de 290 ml da bebida, em março de 2009. O juiz da 20ª Vara Cível de Belo Horizonte, Renato Luiz Faraco, sentenciou que "encontrar um corpo estranho em uma garrafa de refrigerantes provoca sensação de asco e repugnância, que poderá se repetir todas as vezes em que [o consumidor] estiver diante do produto, configurando sofrimento psíquico passível de reparação".

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo