Acidentes

Sesab garante 15 dias de estoque de ‘kit intubação’; SSA pretende adquirir mais insumos

O consumo de sedativos em unidades hospitalares da Bahia permanece elevado. Em meio a alta de casos e internações de pacientes com a Covid-19, a escassez de medicamentos que compõem o chamado "kit intubação" tem sido uma realidade em todo o país. A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informou que tem conseguido manter um estoque regulador que atenda as unidades estaduais em, pelo menos, 15 dias, em virtude de aquisições realizadas pelo governo estadual.

A pasta da Bahia criticou o empenho do Governo Federal para adquirir e distribuir medicamentos sedativos, “sob risco de colapso da rede nacional, sobretudo, atingindo os municípios e filantrópicos”. A Sesab vê essas unidades como mais vulneráveis às oscilações de preço, uma vez que têm menor poder de negociação com os fornecedores.

 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo