Mundo - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Sábado , 20 de Julho de 2019
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Mundo
Foto: Reprodução/Twitter

A promotoria de Tóquio apresentou ovas denúncias contra o ex-presidente da Nissan Motor, o brasileiro nesta sexta-feira (21). Suspeito de ocultar pagamentos milionários e cometer irregularidades fiscais, ele foi preso no dia 19 de novembro. A prisão do brasileiro foi prorrogada, inicialmente, por 48 horas, mas pode ser estendida para 10 dias. De acordo com o portal G1, a nova acusação, que se soma a outras duas anteriores com mandatos de prisão distintos, baseia-se em violação de confiança que poderia ter prejudicado a Nissan Motor, segundo informou a emissora estatal japonesa “NHK”. A acusação está vinculada com as supostas tentativas de Ghosn de transferir 1,85 bilhão de ienes (US$ 16,6 milhões) para as contas da Nissan por perdas em investimentos pessoais devido à crise financeira de 2008.

Foto: © Reprodução/GloboNews

A eleição de Jair Bolsonaro (PSL) foi selecionada pela revista britânica Nature como um dos eventos cruciais para o ambiente e as ciências em 2018. Em um tom negativo, a retrospectiva realizada pela publicação científica cita afirmações contrárias ao meio ambiente feitas pelo presidente eleito, assim como posicionamentos anteriores, ainda como deputado federal, favoráveis a ruralistas na questão do desmatamento da Amazônia. O texto também aponta a ascensão de governantes populistas pelo mundo como evento potencialmente danoso para as ciências e a natureza, como a chegada ao poder dos partidos Liga e Movimento 5 Estrelas na Itália. Segundo o artigo, outro ponto essencial foram as negociações do "brexit", que pode levar a uma perda de 1 bilhão de libras (R$ 4,9 bilhões) em financiamentos anuais para a ciência britânica nos próximos anos. Nos EUA, por outro lado, a futura líder do setor científico na Câmara, Eddie Bernice Johnson, anunciou recentemente que defenderá a ciência americana de ataques políticos e ideológicos e deverá priorizar questões ligadas ao aquecimento global.

Foto: Delil Souleiman / AFP

O governo norte-americano anunciou nesta quarta-feira (19) que o país derrotou, na Síria, o grupo Estado Islâmico, e que vai começar a retirar os cerca de 2.000 soldados que estão no local. Através de seu twitter, o presidente Donald Trump confirmou a operação. “Nós derrotamos o ISIS na Síria, minha única razão para estar lá durante a Presidência Trump", disse. O discurso foi reiterado pela porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, que, ainda, confirmou a retirada das tropas e, além disso, negou o fim do apoio americano no país. “Nós começamos a trazer para casa soldados americanos conforme nós fazemos a transição para a próxima fase da campanha", afirmou. Em abril, os Estados Unidos atacaram a Síria em forma de represália a um suposto ataque químico que matou 40 pessoas. Desde 2011, ano do seu início, a guerra no país já causou a mortre de quase 500 mil pessoas e forçou a saída de milhões de pessoas de suas casas. Fonte: Metro1

Foto: Reprodução

Mãe e familiares de Bogdan Firsov, de 15 anos, assistiram à sua morte durante uma tentativa de saltar de um prédio de 14 andares, com cerca de 43 metros de altura, utilizando um paraquedas artesanal.O caso ocorreu em Makiivka, na Ucrânia, e foi registrado por câmeras de celular. De acordo com informações do veículo "Sun", o jovem era fã de esportes radicais e gostava de fazer selfies no topo de arranha-céus.Especialistas na prática explicaram à reportagem que, mesmo um paraquedas totalmente funcional não evitaria o acidente, já que precisaria de uma altura de ao menos 70 metros para abrir. Fonte: Notícias ao Minuto

Foto: Reprodução e Luis Macedo/Câmara dos Deputados

A Justiça Federal em Osasco, na Grande São Paulo, condenou nesta segunda-feira (17) o ator Alexandre Frota, eleito deputado federal pelo PSL-SP, a multa de mais de R$ 295 mil por difamação e injúria por ter atribuído publicamente uma fala falsa sobre pedofilia a Jean Wyllys, também deputado federal, mas pelo PSOL-RJ. Frota também terá de prestar serviços à comunidade. Como a decisão é da primeira instância da Justiça, cabe recurso. O G1não conseguiu localizar Frota, Wyllys ou as defesas dos políticos para comentarem a decisão judicial. De acordo com a Justiça, em 2017 Frota postou em sua página oficial na internet uma foto de Wyllys, autor do processo, atribuindo-lhe a seguinte fala: “A pedofilia é uma prática normal em diversas espécies de animal (sic), anormal é o seu preconceito”. Segundo a juíza federal Adriana Freisleben de Zanetti, da 2ª Vara Federal de Osasco, que condenou o político do PSL, ficou provado no processo que o deputado do PSOL jamais declarou a frase acima. “A frase foi criada com a finalidade de difamar Jean Wyllys, causando na comunidade cibernética o sentimento de repúdio por empatia emocional com as vítimas de pedofilia”, escreveu a magistrada em sua sentença.

Wyllys x Frota

Foto: Wayne County Sheriff's Office

Um indiano foi condenado a nove anos de prisão por ter abusado sexualmente de uma mulher que estava sentada ao lado dele durante um voo noturno da Spirit Airlines, de Las Vegas para Detroit, nos Estados Unidos, em janeiro. Prabhu Ramamoorthy, de 34 anos, viajava acompanhado da esposa e estava sentado em uma poltrona entre a mulher e a vítima, de 23 anos. Ela contou que estava dormindo na hora e acordou com a camisa aberta e a mão dele dentro da sua calça. A vítima relatou o incidente à tripulação pouco antes de o avião pousar.  Quando as denúncias contra Ramamoorthy vieram à tona, ele negou as acusações, alegando que não poderia ter cometido o crime porque também estava dormindo. A esposa de Ramamoorthy disse, por sua vez, que a vítima estava dormindo nos joelhos do marido.

Ela afirmou, ainda, que o casal pediu a um comissário de bordo para mudá-la de lugar. A tripulação informou aos investigadores, no entanto, que apenas a vítima pediu para trocar de assento.Eles contaram que ela estava chorando quando se dirigiu até eles – e que os botões da sua camisa e calça estavam abertos. E deram a ela uma poltrona diferente na parte de trás do avião. Ramamoorthy foi detido sem direito a fiança – os promotores acreditavam que ele poderia fugir -, após comparecer a um tribunal federal em Michigan. A promotoria havia pedido originalmente uma pena de 11 anos de prisão. Mas o juiz distrital Terrence Berg concluiu que nove anos eram suficientes para o que ele descreveu como “uma ofensa extremamente séria”, de acordo com o jornal americano Detroit Free Press. Segundo a imprensa local, Ramamoorthy vivia nos Estados Unidos com um visto de trabalho. Ele será deportado de volta para a Índia após cumprir sua pena, informou o tribunal federal de Detroit. Fonte: Aratu Online

Foto: Reprodução/Twitter/@MaG_Aly06500

Um atirador deixou dois mortos e 11 feridos ao abrir fogo em um mercado de Natal, na noite desta terça-feira (11), no centro de Estrasburgo, na França. As informações são da prefeitura da região de Grand-Est et du Bas-Rhin. De acordo com o relatos divulgados pelo G1, os tiros começaram por volta das 20h (17 horas em Brasília), na rua des Orfèvres. Apesar de ainda não ter sido capturado, o atirador já foi identificado. O jornal britânico "The Guardian" aponta que a polícia local ouviu relatos de que o atirador fez disparos em diversos pontos diferentes do mercado, montado na Place Kleber, uma das principais praças de Estrasburgo. Segundo o jornal "Le Figaro", a seção antiterrorista do Ministério Público de Paris vai participar da investigação do caso. Fonte: Metro 1

Foto: Reprodução/Twitter

A Promotoria de Tóquio acusou formalmente nesta segunda-feira (10) o empresário franco-brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente da Nissan, de não declarar parte da renda estipulada com a companhia durante cinco anos, até março de 2015. Também foi emitida ordem de detenção por outras acusações. Ghosn, de 64 anos, foi detido em Tóquio no dia 19 de novembro, acusado inicialmente de esconder das autoridades renda pactuada de perto de 5 bilhões de ienes (US$ 44 milhões). Nesta segunda expirava o prazo de detenção provisória. Os documentos de acusação da promotoria consideram que a Nissan também cometeu irregularidades ao não reportar ao regulador da bolsa parte da renda pactuada com Ghosn nos relatórios contábeis anuais da companhia. Fonte: Bahia.Ba

Foto: Divulgação

O Ministério de Saúde da República Democrática do Congo contabiliza 280 mortes prováveis por conta do surto de ebola que acomete o nordeste do país. De acordo com informações da EBC, o número é de um relatório divulgado neste domingo (9), que já iguala ao mais mortífero da história do Congo, ocorrido na cidade de Yamanbuku, em agosto de 1976. Naquela ocasião, na qual houve o primeiro surto de ebola registrado, houve uma taxa de mortalidade de cerca de 90%, tendo morrido 280 pessoas, entre os 318 casos registrados. De acordo com o relatório da atual epidemia, já são computados 489 ocorrências, das quais 441 foram confirmadas em testes de laboratório e 48 são prováveis. Este surto já é o segundo maior de todo o mundo em número de casos, superando a marca registrada em Uganda entre 2000 e 2001, quando houve 425 casos e 224 mortes.  Fonte: Bahia Notícias

Foto: Reprodução

A cerimônia de premiação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) aos melhores do ano foi mais um momento de celebração para Lewis Hamilton em 2018. O piloto britânico, que conquistou o seu quinto título mundial nesta temporada, teve seu desempenho reconhecido ao ser escolhido a "Personalidade do Ano". Hamilton já havia recebido a honraria em 2014, mas a FIA tinha optado por premiar o holandês Max Verstappen nos últimos três anos. Dessa vez, porém, o pentacampeonato mundial, que igualou o número de conquistas do argentino Juan Manuel Fangio, levou o piloto britânico a ser homenageado na festa realizada em São Petersburgo, na Rússia, na noite de sexta-feira. O quinto título consecutivo do Mundial de Construtores pela Mercedes também mereceu uma lembrança.

E o diretor-executivo e o presidente não-executivo da Mercedes, Toto Wolff e Niki Lauda, respectivamente, foram agraciados com o Prêmio do Presidente, dado por Jean Todt, que comanda a FIA, após a equipe igualar o feito de conquistas seguidas na Fórmula 1 da Ferrari, exatamente quando a equipe era dirigida pelo francês. Lauda, ainda em recuperação de transplante de pulmão, não participou da cerimônia. "Foi uma temporada inacreditável.

Entrevistas
Vem aí uma série de entrevistas com personalidades do nosso Recôncavo
Mídia TV
Caçamba invade barraca de fogos e deixa mortos e feridos em Muritiba
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.