Mundo - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Domingo , 16 de Dezembro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Mundo
Foto: Wayne County Sheriff's Office

Um indiano foi condenado a nove anos de prisão por ter abusado sexualmente de uma mulher que estava sentada ao lado dele durante um voo noturno da Spirit Airlines, de Las Vegas para Detroit, nos Estados Unidos, em janeiro. Prabhu Ramamoorthy, de 34 anos, viajava acompanhado da esposa e estava sentado em uma poltrona entre a mulher e a vítima, de 23 anos. Ela contou que estava dormindo na hora e acordou com a camisa aberta e a mão dele dentro da sua calça. A vítima relatou o incidente à tripulação pouco antes de o avião pousar.  Quando as denúncias contra Ramamoorthy vieram à tona, ele negou as acusações, alegando que não poderia ter cometido o crime porque também estava dormindo. A esposa de Ramamoorthy disse, por sua vez, que a vítima estava dormindo nos joelhos do marido.

Ela afirmou, ainda, que o casal pediu a um comissário de bordo para mudá-la de lugar. A tripulação informou aos investigadores, no entanto, que apenas a vítima pediu para trocar de assento.Eles contaram que ela estava chorando quando se dirigiu até eles – e que os botões da sua camisa e calça estavam abertos. E deram a ela uma poltrona diferente na parte de trás do avião. Ramamoorthy foi detido sem direito a fiança – os promotores acreditavam que ele poderia fugir -, após comparecer a um tribunal federal em Michigan. A promotoria havia pedido originalmente uma pena de 11 anos de prisão. Mas o juiz distrital Terrence Berg concluiu que nove anos eram suficientes para o que ele descreveu como “uma ofensa extremamente séria”, de acordo com o jornal americano Detroit Free Press. Segundo a imprensa local, Ramamoorthy vivia nos Estados Unidos com um visto de trabalho. Ele será deportado de volta para a Índia após cumprir sua pena, informou o tribunal federal de Detroit. Fonte: Aratu Online

Foto: Reprodução/Twitter/@MaG_Aly06500

Um atirador deixou dois mortos e 11 feridos ao abrir fogo em um mercado de Natal, na noite desta terça-feira (11), no centro de Estrasburgo, na França. As informações são da prefeitura da região de Grand-Est et du Bas-Rhin. De acordo com o relatos divulgados pelo G1, os tiros começaram por volta das 20h (17 horas em Brasília), na rua des Orfèvres. Apesar de ainda não ter sido capturado, o atirador já foi identificado. O jornal britânico "The Guardian" aponta que a polícia local ouviu relatos de que o atirador fez disparos em diversos pontos diferentes do mercado, montado na Place Kleber, uma das principais praças de Estrasburgo. Segundo o jornal "Le Figaro", a seção antiterrorista do Ministério Público de Paris vai participar da investigação do caso. Fonte: Metro 1

Foto: Reprodução/Twitter

A Promotoria de Tóquio acusou formalmente nesta segunda-feira (10) o empresário franco-brasileiro Carlos Ghosn, ex-presidente da Nissan, de não declarar parte da renda estipulada com a companhia durante cinco anos, até março de 2015. Também foi emitida ordem de detenção por outras acusações. Ghosn, de 64 anos, foi detido em Tóquio no dia 19 de novembro, acusado inicialmente de esconder das autoridades renda pactuada de perto de 5 bilhões de ienes (US$ 44 milhões). Nesta segunda expirava o prazo de detenção provisória. Os documentos de acusação da promotoria consideram que a Nissan também cometeu irregularidades ao não reportar ao regulador da bolsa parte da renda pactuada com Ghosn nos relatórios contábeis anuais da companhia. Fonte: Bahia.Ba

Foto: Divulgação

O Ministério de Saúde da República Democrática do Congo contabiliza 280 mortes prováveis por conta do surto de ebola que acomete o nordeste do país. De acordo com informações da EBC, o número é de um relatório divulgado neste domingo (9), que já iguala ao mais mortífero da história do Congo, ocorrido na cidade de Yamanbuku, em agosto de 1976. Naquela ocasião, na qual houve o primeiro surto de ebola registrado, houve uma taxa de mortalidade de cerca de 90%, tendo morrido 280 pessoas, entre os 318 casos registrados. De acordo com o relatório da atual epidemia, já são computados 489 ocorrências, das quais 441 foram confirmadas em testes de laboratório e 48 são prováveis. Este surto já é o segundo maior de todo o mundo em número de casos, superando a marca registrada em Uganda entre 2000 e 2001, quando houve 425 casos e 224 mortes.  Fonte: Bahia Notícias

Foto: Reprodução

A cerimônia de premiação da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) aos melhores do ano foi mais um momento de celebração para Lewis Hamilton em 2018. O piloto britânico, que conquistou o seu quinto título mundial nesta temporada, teve seu desempenho reconhecido ao ser escolhido a "Personalidade do Ano". Hamilton já havia recebido a honraria em 2014, mas a FIA tinha optado por premiar o holandês Max Verstappen nos últimos três anos. Dessa vez, porém, o pentacampeonato mundial, que igualou o número de conquistas do argentino Juan Manuel Fangio, levou o piloto britânico a ser homenageado na festa realizada em São Petersburgo, na Rússia, na noite de sexta-feira. O quinto título consecutivo do Mundial de Construtores pela Mercedes também mereceu uma lembrança.

E o diretor-executivo e o presidente não-executivo da Mercedes, Toto Wolff e Niki Lauda, respectivamente, foram agraciados com o Prêmio do Presidente, dado por Jean Todt, que comanda a FIA, após a equipe igualar o feito de conquistas seguidas na Fórmula 1 da Ferrari, exatamente quando a equipe era dirigida pelo francês. Lauda, ainda em recuperação de transplante de pulmão, não participou da cerimônia. "Foi uma temporada inacreditável.

Foto: Reprodução/ Chapecoense

O acidente aéreo da Chapecoense que matou 71 vítimas completa dois anos nesta quinta-feira (29). Mas os familiares que perderam seus maridos, pais e filhos ainda não receberam as indenizações. As famílias encaram uma luta na Justiça que está só começando. Nesta quarta-feira (28), por exemplo, mais um passo importante será dado. Algumas delas entrarão com uma ação judicial contra o governo da Colômbia. A ação tem como alvo a Aerocivil Colômbia, órgão responsável pelo controle aéreo no país vizinho, equivalente à Anac no Brasil, e será feito em uma parceria entre familiares e a Chapecoense. O processo se baseia no próprio regulamento do órgão, que prevê indenização em caso de falha comprovada na gestão dos voos. O voo da Lamia não poderia passar pela Colômbia porque as seguradoras adotaram a prática de não aceitarem contratos com voos em aviões charter (fretados) para o país por conta das guerrilhas colombianas.

Um rabino influente em Israel alerta que uma ‘guerra bíblica’ pode estar se aproximando, a qual será um prelúdio do fim dos dias. Com os novos confrontos na Faixa de Gaza e a tensão com o Irã e a Síria aumentando, ele acredita que Israel está sendo cercado. O erudito Pinchas Winston, autor de 50 livros, disse ao Breaking Israel News que a Terra Santa está enfrentando uma guerra intermitente. Esta pode evoluir para a ‘batalha final’, aponta ele, traçando paralelos da situação atual com a Guerra de Gogue e Magogue, descrita no Antigo Testamento. O rabino Winston diz que alertou as Forças de Defesa de Israel para fazerem preparações para uma guerra horrível, que pode ocorrer a qualquer momento. O maior inimigo declarado do estado Judeu, o Irã (antiga Pérsia), tem aumentado sua presença na Síria, onde construiu bases militares com a anuência da Rússia. Ao mesmo tempo, a Turquia (antiga Togarma) tem expandido sua presença militar na região e lidera um grupo de nações islâmicas que exigem a divisão de Jerusalém. O estudioso disse que até mesmo pequenos conflitos, como os confrontos com o Hamas em Gaza, são parte de um cenário da guerra bíblica, que seria uma preparação para a chegada do Messias judeu. “Será uma batalha mais assustadora do que qualquer coisa que pudéssemos imaginar e diferente de tudo que veio antes”, insiste. “Há muitos aspectos descritos na profecia que os céticos dizem que são impossíveis. Tudo faz parte do plano maior”, assegura Winston.

Foto: © Saulo Cruz / TCU

Levantamento inédito feito pelo Tribunal de Contas da União (TCU) aponta que 38 órgãos e entidades com alto poder econômico no governo federal “possuem fragilidades nos controles” em escala que considera “alta” e “muito alta”. Juntas, as “unidades” somam orçamento anual de R$ 216 bilhões. O “mapeamento da exposição a riscos” foi feito com auditorias junto a 287 órgãos do Poder Executivo, inclusive empresas estatais, para avaliar a exposição a riscos de desvios e corrupção. A classificação pondera “fatores de riscos” (poder econômico e poder de regulação) com ”índices de robustez dos controles”. O estudo consta em relatório apresentado pela ministra Ana Arraes e aprovado pelo Plenário do TCU (Acórdão nº 2604/2018) na quarta-feira da semana passada (14). No detalhamento, o relatório assinala a situação das instituições públicas com mais alto poder econômico e de regulação - “extrato dos 30% maiores”. Entre essas, oito de cada dez “ainda estão em níveis iniciais de estabelecimento de gestão de riscos e controles internos”. Uma proporção ainda maior de instituições, quase nove em cada dez, “declararam que não passaram do estágio inicial de implantação de controles específicos para detecção de combate à fraude e corrupção”.

Foto: Divulgação

O programa de estudos latino-americanos da School of Advanced International Studies (Sais) da universidade Johns Hokpkins lançou uma bolsa de estudos batizada de Marielle Franco. O benefício é dedicado a pessoas interessadas em cursar o mestrado em relações internacionais com foco na América Latina. O curso tem duração de dois anos. Segundo informações do jornal O Globo, o valor da bolsa, proveniente de uma doação anônima, não foi divulgado. Os interessados em concorrer a vaga única têm até o dia 1º de fevereiro para se inscrever. Assim, quem ganhar a bolsa poderá usar a verba para pagar parte do curso, que custa US$ 25 mil por ano, ou despesas com translado e moradia. "Qualquer pessoa que tenha interesse em estudar a América Latina, a partir de temas relacionados a justiça social, equidade, violência urbana e representação política na região, poderá se candidatar. A grande importância dessa bolsa é chamar atenção para as questões que essa mulher, que morreu tão jovem e de forma tão trágica, defendia. São assuntos relativos ao Rio, mas que atingem toda a América Latina", afirmou a brasileira Monica de Bolle, diretora do programa de estudos latino-americano da Sais. Vereadora pelo PSOL do Rio de Janeiro, Marielle Franco foi executada na capital fluminense no dia 14 de março deste ano. Até hoje, as investigações não apresentaram resultado e ninguém foi preso pelo crime. Fonte: Bahia Notícias

Desde a legalização, a maconha esgotou nas lojas credenciadas à venda no Canadá. De acordo com o G1, a falta de maconha não é uma surpresa total. Um relatório publicado no início de outubro pelo Instituto CD Howe, um think tank de Toronto, estimava que o estoque legal da droga iria dar conta de cerca de 30% a 60% da demanda total nos primeiros meses de legalização. Mas especialistas do setor dizem que a escassez é pior do que se esperava. A agência Health Canada, que autoriza as licenças para os produtores da planta cannabis, diz que trabalhou intensamente nos primeiros meses antes da legalização para aumentar o número de fornecedores legais. A agência pede paciência. Fonte: Metro1

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.