Esportes - Mídia Recôncavo
Recôncavo, Quinta , 18 de Outubro de 2018
Enquete
Entre Aspas
Seja amor,seja muito amor. E se mesmo assim for difícil ser, Não precisa ser perfeito, Se não der pra ser amor, Que seja ao menos respeito. #CultiveORespeito
  Disse Desconhecido  
Esportes
Maurícia da Matta / EC Vitória

No último domingo, coube ao atacante Lucas Fernandes marcar o gol do triunfo do Vitória sobre a Chapecoense que fez o time deixar a zona de rebaixamento nesta rodada. Curiosamente, o mesmo Lucas Fernandes que quando chegou ao rubro-negro foi muito questionado por ter mais de dois anos sem balançar as redes adversárias. Em entrevista nesta terça, o jogador falou sobre essa cobrança e a importância de poder voltar a marcar num momento tão decisivo da temporada. “Quando eu cheguei aqui eu já tinha sido muito cobrado quanto a isso. Mas eu, mais do que ninguém, me cobrava quanto a isso. Era uma coisa que me incomodava, mas eu tenho a cabeça tranquila, tenho consciência quanto a essa situação, porque se eu deixar me abater com essa situação de gols, eu não conseguiria render. Graças a Deus eu pude estar trabalhando bem, buscando sempre melhorar, para consequentemente poder ajudar. Acho que as coisas estão acontecendo naturalmente e espero poder ajudar muito mais”, disse. Lucas começou a partida como titular, após uma “repensada” do técnico Carpegiani, que decidiu apostar na velocidade dele e de Erick. O atleta falou sobre essa oportunidade. “Já falei isso algumas vezes, seja começando ou entrando no decorrer da partida, o que eu quero é ajudar a equipe do Vitória. Acho que não só eu como todos os jogadores têm que estar com esse pensamento e eu acredito que estejam. A gente sabe que nessa reta final, mais do que nunca, tem que estar unido, independente de quem começa o jogo. Acho que o pensamento tem que ser um só e buscar a vitória a todo momento”, declarou. Por fim, o atacante falou sobre o que espera da partida contra o Corinthians, que acontece às 16h do próximo domingo (21), no Barradão. “Vai ser um jogo muito difícil, todo mundo sabe disso, o torcedor também sabe e sabe que tem que vir nos apoiar, o que é de suma importância. É um jogo muito perigoso, a gente vem de uma vitória, tem que tirar bastante proveito disso, entrar bastante confiante na partida. Porque é na reta final que a gente tem que dar algo a mais e eu acho que a nossa equipe está focada nisso. Vamos trabalhar durante a semana para poder pegar equipe do Corinthians e, com todo respeito, buscar a vitória”, afirmou. Fonte: Bocão News

Foto: Mauricia da Matta/ECV

Após triunfo sobre a Chapecoense, na 29ª rodada, os jogadores do Vitória se reapresentaram na manhã desta terça-feira (16), na Toca do Leão. Os atletas que atuaram mais de 45 minutos no último domingo fizeram um processo regenerativo e foram liberados na sequência, enquanto os reservas desceram para o campo. Segundo a assessoria do clube, as atividades do período foram leves. Depois de uma rápida bateria de aquecimentos físicos, os jogadores participaram do coletivo em campo reduzido: dois times com sete peças, trabalhando toque de bola, aproximação e transições ao gol.

Ainda de acordo com a assessoria, André Lima e Rodrigo Andrade ficaram no departamento médico do clube; os jogadores sentem dores no joelho e panturrilha, respectivamente. Luan segue em seu processo de transição no campo. O Rubro-Negro baiano enfrenta o Corinthians no próximo domingo. às 16h, no Barradão. A expectativa é de casa cheia, já que o clube disponibilizou 15 mil ingressos à R$ 10,00 para o setor de arquibancada. Fonte: Bocão News

Foto: Felipe Oliveira/ EC Bahia

Um dia depois da derrota por 1 a 0 para o Vitória, na Arena Condá, a Chapecoense demitiu o treinador Guto Ferreira. Ele comandou o time em 13 jogos entre Série A e Copa do Brasil: foram quatro vitórias, um empate e oito derrotas – 33,33% de aproveitamento. Além da eliminação na Copa do Brasil para o Corinthians, a Chape ocupa a 17ª colocação da Série A, com 31 pontos – Guto assumiu o time na 16º posição. Fonte: Bahia.Ba

Foto: Rafael Machado/Galáticos Online

Praticamente rebaixado para a Série B, o Paraná não deu facilidades ao Bahia e vendeu caro a derrota para o Tricolor, por 2 a 0. Após a partida, o técnico Claudinei Oliveira elogiou a atuação da equipe. "A gente veio com uma proposta de jogar em transição, ter os contra-ataques, até porque sabíamos que o Bahia ia se expor, precisava do resultado. A melhor chance do primeiro tempo foi nossa. No segundo tempo tivemos bons lances de contra-ataque, mas faltou aquele último passe ou a finalização não foi perfeita. Dentro da nossa proposta, fizemos um grande jogo", disse. Porém, o treinador lamentou os gols sofridos, principalmente o de falta, e afirmou que faltou "malandragem" ao time. "Precisamos ser um pouco mais malandros. No lance da falta, a barreira estava muito longe. O Vinicius ainda puxou a bola um pouco para trás antes de bater a falta. Já tínhamos sofrido gols de falta e finalzinho de jogo contra o Inter, Chapecoense. Precisamos ser mais malandros, andar a barreira um pouquinho para frente para dificultar para o cobrador. Malandragem no bom sentido". Sobre a situação do time paranaense na competição, que precisa vencer os nove jogos a serem disputados, Oliveira não jogou a toalha, mas admitiu que será difícil reverter a queda. "Muito difícil. Nossa equipe fez só 12 gols na competição. A equipe precisa fazer gols, e a gente faz poucos. Vamos lutar até o final, matematicamente temos chances. Temos que ganhar nove de nove. É difícil, mas vamos brigar". Fonte: Bocão News

Foto: Divulgação

Num lance de sorte, a Chapecoense venceu o Atlético-MG por 1 a 0 com um gol aos 48 minutos do segundo tempo, quando o jogo se encaminhava para um empate sem graça. Doffo chutou em cima do zagueiro Leonardo Silva, desviou e encobriu Victor. Classificação e jogos: No primeiro tempo as duas equipes estavam em ritmo de treino e houve uma boa chance de gol. Na segunda etapa, a velocidade aumentou, mas a qualidade na conclusão das finalizações não se alterou. O Galo continua na sexta posição, agora com 45 pontos , e vê sua missão de chegar no G4 cada vez mais complicada. Já a Chape sai do Z4 e se anima na competição. Com os 31 pontos na tabela, o time catarinense respira e pode terminar a rodada longe da zona da degola. Na próxima rodada, o Atlético-MG fará o clássico contra o América-MG, no Independência, às 19h do dia 14 de outubro. Já a Chape recebe o Vitória em casa, também no domingo (14), às 11h. Com o triunfo, a Chape empurrou o Leão para a 18ª posição. Fonte: Bocão News

Foto: Reprodução

A seleção brasileira fechou sua participação na primeira fase do Mundial feminino de vôlei com uma vitória tranquila sobre o Cazaquistão nesta quinta-feira (4). Já classificada, a equipe de José Roberto Guimarães venceu por 3 sets a 0, parciais de 25/11, 25/20 e 25/13. O Brasil passou para a próxima fase na segunda colocação do Grupo D, após quatro vitórias e uma derrota. A posição joga a seleção para o grupo que será disputado na cidade de Nagoya, no Japão. Depois de um triunfo fácil sobre o Quênia na quarta (3), a seleção brasileira começou o jogo contra o Cazaquistão planejando ficar o menor tempo possível em quadra. Com um bloqueio eficiente (quatro pontos) e uma organização defensiva, a equipe de José Roberto Guimarães venceu o primeiro set por 25 a 11. A facilidade vista no primeiro set causou um relaxamento na segunda parcial, o que fez com que o Cazaquistão equilibrasse a partida. O Brasil sofria com o passe e chegou a ficar dois pontos atrás no placar antes de vencer por 25 a 20. José Roberto Guimarães rodou o elenco no último set, mas ainda assim não encontrou dificuldades para fechar o jogo. Embalada por Tandara, maior pontuadora da partida com 12 pontos, a seleção brasileira venceu a parcial por 25 a 13. Fonte:  Folhapress

Foto: Maurícia da Matta/ECVitória

O técnico Paulo Cézar Carpegiani está com sérias dificuldades para montar a equipe titular do profissional do Vitória. Sem muitas opções, ele segue dando oportunidade aos garotos da base do Leão. Porém, Willian Farias está recuperado das dores no joelho que o deixaram de fora por mais de um mês e o Galáticos Online apurou que o capitão rubro-negro ganhará ritmo de jogo no Campeonato Brasileiro de Aspirantes. A equipe sub-23 do Vitória enfrenta o Atlético-PR, na próxima terça-feira (2), pela competição e o camisa 5 será relacionado para o duelo, afim de ganhar ritmo de jogo para retornar ao time principal que disputa a Série A do Brasileirão. Willian Farias vem sendo "perseguido" pelas dores no joelho e soma apenas 19 partidas nesta temporada, sem conseguir ter uma sequência de jogos. Desta vez ele ficou mais tempo no departamento médico se recuperando e tudo indica que agora sim ele está totalmente recuperado. Fonte: Bocão News

Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O Vitória perdeu para o Internacional por 2 a 1, neste domingo (30), no Beira-Rio, pela 27ª rodada do Brasileirão. Entretanto, o técnico Paulo Cézar Carpegiani mal respondeu sobre o desempenho da sua equipe. O treinador foi bastante questionado sobre o pênalti mal marcado que resultou no gol do triunfo Colorado. “Em 2016 tive o mesmo problema no Coritiba. O Valdívia fez o gol e depois falou. O Internacional é um time grande, não precisa disso. Não vou nem dizer em relação ao pênalti. Quero comentar o lance do primeiro gol. O Cuesta derruba o Yago, e aí prossegue o lance e surge o gol. Uma falta bem clara. Fui no final do jogo dizer a ele que ele veria na TV o lance do pênalti e se arrependeria. No vídeo ele não está nem prestando atenção, foi comunicado, mas não sei por quem. Foram também cartões bobos, faltas invertidas. Uma arbitragem muito ruim para os dois lados. O nível técnico tem deixado a desejar. Sou uma pessoa pública, estou sujeito a críticas e elogios, e ele também. A parte técnica foi sofrida. Um espetáculo firme e disputado, o Inter com um ritmo muito forte. Nós controlamos algumas partes do jogo. Isso que vi da partida”, reclamou. Sobre a utilização do árbitro de vídeo, o treinador se mostrou a favor da tecnologia. Vale lembrar que no início do ano, o Leão foi um dos clubes que não aceitaram pagar o VAR para o certame nacional. “Esses erros acontecem a todo instante. O VAR iria fazer justiça as coisas erradas que acontecem no futebol. O futebol europeu tem uma arbitragem fantástica e dificilmente eles erram, e mesmo assim contam com o VAR. Aqui não temos e acaba prejudicando determinados clubes. Eu sou a favor que tenha o auxílio. Temos algumas exceções, mas de maneira geral, tecnicamente tem deixado a desejar. Até o final do ano devem acontecer partidas que acabem prejudicando times que brigam por título ou pelo Z-4”, lamentou. Com o revés, o Vitória continua na 15ª colocação com 29 pontos. O time encara o Santos, na próxima sexta-feira (5), às 21h30, no Barradão, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Fonte: Bahia Notícias

Foto: Maurícia da Matta / ECVitória

Neste domingo (30), o Vitória enfrenta a equipe do Internacional, no Beira-Rio, num desafio bastante complicado tendo em vista a atual situação das duas equipes dentro da competição. Enquanto o Leão luta para se afastar da zona de rebaixamento, o Colorado briga pelo título do Brasileirão. Para a partida o técnico Paulo Cézar Carpegiani segue sem poder contar com o atacante Erick, vetado pelo departamento médico com uma lesão na panturrilha. O treinador do Vitória tem duas dúvidas para o duelo, mas uma coisa é certa: o volante Marcelo Meli perdeu posição no time titular e Rodrigo Andrade e Arouca brigam pela vaga do argentino. A outra dúvida de Carpegiani é entre os atacantes Lucas Fernandes e Wallyson, que disputam o lugar que seria de Erick. O lateral-direito Jeferson retorna de suspensão e começa entre os onze iniciais na posição. INTERNACIONAL: O técnico Odair Hellmann tem um desfalque certo para o duelo: o meia Patrick levou o terceiro cartão amarelo na última rodada e não pode atuar contra o Vitória. A dúvida no substituto do jogador está entre a volta de D'Alessandro ou na escalação do atacante Rossi. O Colorado tenta retomar a liderança após perdê-la para o São Paulo e terá o embalo da sua torcida ao seu favor. Fonte: Bocão News

Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

O Vitória está próximo de tirar do papel mais um projeto voltado para o público infanto-juvenil. Depois do “Vitória Cidadania”, que atende aproximadamente 300 crianças em estado de vulnerabilidade social em parceria com a Prefeitura de Salvador, o clube quer lançar um programa batizado de “academia de futebol”. De acordo com Carlos Anunciação, coordenador da base, o objetivo é entreter a gurizada e ao mesmo tempo aplicar conceitos do esporte. Falta apenas o ok do Ministério Público do Trabalho, já que um Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado com a agremiação estabelece uma idade mínima de 14 anos, para que o atleta possa ingressar nas categorias de base. Porém, a plataforma elaborada não tem o propósito de “garimpar” futuros jogadores. “Temos um projeto pronto para desenvolver um trabalho de academia de futebol dentro do Vitória. Vamos apresentá-lo ao Ministério Público e assim que tivermos o ok vamos começar a trabalhar. A ideia é que a criança a partir de cinco anos possa vivenciar o clube. Junto com os pais, a criança vai realizar o sonho de ter a oportunidade de jogar futebol de uma fórmula lúdica. Será uma brincadeira de forma organizada. O objetivo é entreter. Não podemos tirar a brincadeira do jogo. O sonho da maioria das crianças é jogar no Vitória. E se ela fizer essas atividades recreativas vai realizar esse sonho. Aquelas crianças que entram em campo com os jogadores realizam um sonho. Dá para ver a alegria delas ao entrar em campo. A ideia é fazer atividades semanais com essas crianças. Abrir as portas do Vitória para que as crianças de Salvador possam participar de aulas e brincadeiras”, disse o dirigente em entrevista ao Bahia Notícias. arlão ainda revelou que o clube está se reestruturando para ampliar parcerias com escolinhas de futebol, bem como reavaliando contratos em vigor. “O Vitória está se reestruturando e montando vários projetos e parcerias, mas com pessoas sérias. Não podemos entregar a bandeira do Vitória para qualquer um. A bandeira do Vitória não pode ficar em qualquer lugar  e com pessoas que não tem credibilidade. O presidente Ricardo David, o vice-presidente Chico Salles e diretor jurídico Roberto Dantas estão avaliando isso de perto. Essa nova gestão que assumiu o clube em dezembro do ano passado identificou alguns pontos negativos nas parcerias e estamos reformulando tudo. Estamos apresentando uma metodologia de trabalho para aprimorar os professores e escolinhas”, destacou. Em outubro, o Vitória vai promover a Copa Rubro-Negra no Complexo Barradão. A competição terá cerca de 40 escolinhas da região metropolitana de Salvador nas categorias fraldinha, infantil e juvenil. “A Copa Rubro-Negra não tem nenhum clube. São apenas escolinhas de Salvador, Camaçari, Simões Filho e toda a região metropolitana. O Vitória vai abrir sua estrutura para essas escolinhas. A competição agrega garotos de 10, 11 e 12 anos. O objetivo da competição é vivenciar o conceito de jogo e brincar. Futebol é brincadeira. Só vira coisa séria quando é profissional”, pontuou. Carlos Anunciação revelou como é a filosofia de trabalho do Vitória com as crianças. “Estamos preocupados com o que vamos oferecer para essas crianças. Não é só falar que ele vai ser jogador de futebol. Não podemos falar apenas que um menino de 10 anos vai para o Grêmio, Palmeiras, Internacional, São Paulo... Temos que nos preocupar com o dia a dia da criança. E o Vitória se preocupa. É preciso se envolver uma parceria com a família e fazer um trabalho como um todo. Esse trabalho tem que ser social, pedagógico... A gente não pode se preocupar só se o menino vai ser jogador de futebol. E aquele que não virar jogador? Vai ser o que no futuro? Então é preciso ter muito cuidado e dar tudo o suporte. E a gente faz isso”, finalizou. Fonte: Bahia.Ba

Entrevistas
Organizadores do “Bloco As Muriquetes” falam sobre a expectativa deste evento que vem animando os muritibanos a cada ano
Mídia TV
VT - Moderna Gestão e Assessoria
Mural de Recados
Tarsila escreveu para Joseane
"Vdd eu tbm eu quero saber tbm de todas as notícias desses anos que esta acontecendo muitas coisas ai è bom saber das coisas primeiro..."
Joseane Bonfim escreveu para Anderson Bella
"Ola, tudo bem? Sou Joseane Bonfim e estou fazendo uma pesquisa sobre os blogs da região de SAJ, o Midia Reconcavo se encaixa na categoria de Blog?"
Podcast
Spot - Câmara de Cruz das Almas
Escute o Spot da Câmara de Vereadores de Cruz das Almas.