Mídia Recôncavo | Com Anderson Bella
Recôncavo, Quinta , 23 de Março de 2017
Enquete
Entre Aspas
Não tenho dúvidas de que vamos vencer as eleições em 2014
  Disse Rui Costa, durante solenidade para indicação do seu nome como candidato do PT à sucessão estadual.  

Nesta terça-feira (14/3), a cidade de Governador Mangabeira, município do Recôncavo baiano, completou 55 anos de emancipação político-administrativa, fato que aconteceu em 14 de Março de 1962, quando então Vela de Cabeças, pertencente ao município de Muritiba, se transformou na então Governador Mangabeira, nome em homenagem ao ex-governador da Bahia Otávio Mangabeira.

As comemorações tiveram início logo pela manhã com hasteamento das bandeiras em frente ao Fórum Municipal, Missa Solene na Igreja Matriz e por fim, Sessão Solene na Câmara Municipal.

A Sessão Solene no Legislativo Municipal, teve este ano como Orador Oficial, o Sr. Isaldo Pimentel Pereira, que fez a abertura dos trabalhos na câmara.Como de tradição, os 11 vereadores puderam agraciar pessoas ilustres da região com o título de cidadão mangabeirense.

Logo após a entrega dos títulos, o prefeito Marcelo Pedreira (PP) usou a tribuna para fazer seu discurso eloquente com muita precisão e objetividade em suas palavras. O prefeito destacou o resgate de valores que o "Governo da Mudança" vem buscando junto a sua equipe de governo, os motivos da falta de inauguração de obras no município na data magna do município e a repeito do tema central do 14 de março que este ano presta uma homenagem ao saudoso Agnaldo Vianna Pereira (ex-prefeito) da cidade que fez história com seu modo contemporâneo e inovador de administrar.

 

Familiares do homenageado se fizeram presentes na solenidade, onde o prefeito anunciou melhorias após a reforma do Paço Municipal e ao mesmo tempo externou sua satisfação em ter sancionado a Lei Nº 581/2017 que oficializa o nome do homenageado no Paço Municipal.

 

Por fim, a solenidade foi encerrada com uma poesia recitada pelo professor Luciano Cunha.

Veja a baixo a lista com os nomes dos homenageados

 

Alessando da Cunha Rodrigues

 

Gilberto Evangelista Franco

 

Iolanda Pereira Gomes

 

Fernando Cruz de Jesus

 

Vital Silveiro dos Santos

 

Isabel Nascimento Vasconcelos 

 

Ana Lara Dias da Silva

 

Arivaldo de Almeida Costa

 

Danilo Marques Dias Sampaio

 

Neci Santos Leite

 

 

Gradistônio Inácio Mota

Fonte:Forte do Recôncavo 

 Veio ao mundo nesta terça-feira (14/3), o primeiro bebê nascido no Centro de Parto Normal (CNP) da Santa Casa de Misericórdia após a sua reinauguração.


Em sua página oficial no Facebook, a instituição publicou imagens da mãe já com a criança no colo. "Fui bem recebida, fiquei muito impressionada com a Santa Casa, está linda. Gostei muito da equipe que nos acolheu muito bem e que não deixou faltar nada. Elas tiveram muito carinho comigo. Meu parto foi bom, estou muito feliz: meu filho nasceu bem e saudável.", disse Selma Silva, a mãe do recém nascido.

Os créditos para a reabertura da Santana Casa são dos funcionários da antiga gestão que não pouparam esforços para a reabertura da instituição que teve como mentor intelectual à frente desta grande conquista, o provedor Dr. Natanael Evódio, que com muito empenho e perseverança conseguiu reabrir oficialmente a Santa Casa no último sábado (11), por meio convênio firmado com o governo do estado e prefeitura municipal.

 O ministro Alberto Bresciani, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), derrubou hoje (14) a liminar concedida, na última terça-feira (7), pelo presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho, que suspendeu, por pelo menos 120 dias, a decisão que obrigava a União a publicar o cadastro de empresas autuadas pelo governo por submeter seus empregados a condições análogas à escravidão, a chamada "lista suja do trabalho escravo".

 
Com a nova liminar, concedida agora, em favor de mandado de segurança protocolado ontem (13) pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), fica reestabelecida a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, que havia determinado a imediata publicação da lista suja. No entanto, como a decisão do TRT ordenava a publicação do cadastro até a última terça-feira, ainda não há uma definição se será concedido novo prazo para que o Ministério do Trabalho dê publicidade à lista.
 
Em sua decisão, Bresciani acatou os argumentos apresentados pelo MPT de que a liminar do presidente do TST viola o princípio do devido processo legal e do juiz natural, pois suprimiu a instância recursal do TRT e também fere o regimento interno da corte.
 
“Conforme exposto, a União manejou pedido de suspensão de liminar e de antecipação de tutela, perante o TST, na mesma data em que desembargador presidente do TRT da 10ª Região, indeferiu o pedido de suspensão dos efeitos da tutela provisória concedida na ação civil pública, situação que revela a ausência de esgotamento das vias recursais”, argumentou Bresciani em sua decisão.
 
“Por sua vez, o Artigo 251 do atual Regimento Interno do TST, quando alude à possibilidade de o presidente do tribunal suspender a execução de liminar ou de antecipação de tutela concedida nas ações movidas contra o Poder Público ou seus agentes, há de ser interpretado em consonância com a lei, à qual, inclusive, faz referência. No quadro posto, não subsistindo oportunidade para a instauração do pedido de suspensão de liminar e de antecipação de tutela no âmbito do Tribunal Superior do Trabalho, a quebra do devido processo legal contamina a decisão proferida pelo ministro-presidente do Tribunal Superior do Trabalho”, acrescentou Bresciani.
 
Impasse
 
A lista suja do trabalho escravo tem sido tema de uma série de decisões judiciais conflitantes nos últimos anos. Na semana passada, o presidente do TST, ministro Ives Gandra Martins Filho, acolheu argumentos da Advocacia-Geral da União (AGU) e derrubou uma decisão liminar (provisória) que determinava a publicação imediata do cadastro.
 
Em 30 de janeiro, o juiz Rubens Curado Silveira, titular da 11ª Vara do Trabalho, concedeu ao MPT uma liminar para obrigar o governo a publicar a lista suja no prazo de 30 dias, sob pena de multa diária de R$ 10 mil em caso de descumprimento. A AGU recorreu ao Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT10), que manteve a determinação.
 
A lista suja é formada por empregadores que tenham sido autuados por fiscais do trabalho ao serem flagrados submetendo os empregados a condições análogas à escravidão. No Brasil, ao menos 52 mil pessoas foram libertadas do trabalho escravo nos últimos 20 anos, segundo dados mais recentes divulgados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT).
 
A norma mais atual que regulamenta a lista prevê que as empresas evitem a inclusão no cadastro ao assinar termos de ajustamento de conduta.
 
A lista não é publicada desde 2014, quando o então presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, concedeu uma liminar a pedido da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias para suspender a divulgação. Em maio do ano passado, no entanto, a ministra Cármen Lúcia revogou a medida cautelar, retirando o impedimento à publicação do cadastro.

 

O sorteio 1.912 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 6 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta-feira (15), em Barra Bonita (SP).

De acordo com a Caixa Econômica Federal, com o valor integral do prêmio, o ganhador poderá adquirir sete casas de R$ 800 mil cada ou 81 jet skis. Se quiser investir na poupança, o sortudo poderá garantir uma aposentadoria de R$ 31 mil por mês.

Para apostar na Mega-Sena

As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.

Probabilidades

A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.

Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

 

 O comércio eletrônico está aproveitando o dia do consumidor não só para movimentar as vendas, mas também para garantir uma parcela dos saques das contas inativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), que começaram a ser liberados para os nascidos em janeiro e fevereiro, na última sexta-feira (10).

Segundo o vice-presidente de Produto do Buscapé, Fabio Sakae, as visitas ao site cresceram três vezes, em comparação com a média de um dia comum desde que os recursos foram liberados.O site vai reunir descontos de até 50% com ofertas de 5 mil lojistas durante o Dia do Consumidor, evento criado pelo Buscapé que já se consolidou como a segunda maior data do e-commerce, atrás apenas da Black Friday.

“Geralmente a procura maior pelo site começa quando a data está mais próxima, no entanto, com o FGTS, este movimento começou bem antes, o que nos deixou ainda mais otimistas com relação às vendas", afirma.

Produtos com defeito lideram a lista de reclamações registradas pelo Procon-BA

Por mais consolidada que a data tenha se tornado como uma alternativa para ajudar as empresas a alavancar as vendas no trimestre. "O FGTS vai ajudar muito. Diante deste reforço, estamos esperando um crescimento em torno de 100% no volume de negócios, em comparação a um dia de visitação comum no site”, destaca ainda Sakae. No ano passado, o faturamento do Buscapé chegou a R$224 milhões, crescimento de 12% ante 2015. Foram mais de 560 mil pedidos.

Outra plataforma de vendas que também promete descontos na data é o Mercado Livre. De acordo com diretor de Marketplace do Mercado Livre, Leandro Soares. O consumidor vai encontrar hoje no site 10 mil itens em oferta que podem chegar a até 70% de desconto.  

 

Entre as categorias em oferta estão eletrodomésticos, acessórios para veículos, itens de informática, games, itens de casa, móveis e decoração, celulares, artigos de moda, saúde e beleza. “Nesta data, o Mercado Livre costuma promover ofertas e descontos agressivos. O consumidor brasileiro já adquiriu o hábito de comprar produtos de apelo visual e emocional via internet”.

 Após passar 13 anos fora, Tom Cavalcante pode voltar a trabalhar na Globo. O ator e apresentador está negociando com a emissora para se apresentar duas vezes por mês no Domingão do Faustão. A ideia é que ele faça imitações de celebridades no programa comandado por Fausto Silva e interprete alguns de seus personagens mais famosos, como o João Canabrava de A Escolinha do Professor Raimundo e Ribamar de Sai de Baixo. Há dois anos, o humorista participou da atração do amigo Faustão.

Em 2004, Tom trocou a Globo pela Record, saída que foi considerada uma traição. Ele permaneceu na emissora paulista até 2011. Em 2016, o cearense estreou o Multi Tom, no Multishow, mas no momento está sem contrato com nenhuma TV. 

 O técnico Argel Fucks terá dois reforços para partida decisiva contra o Vasco, nesta quinta-feira (16), às 19h30, no Barradão. Após desfalcar o Rubro-Negro nos últimos jogos para tratar trauma no joelho, o zagueiro Fred treinou normalmente nesta última terça e está de volta ao time.

 
Outro que poderá ser opção do treinador é o atacante Paulinho, que estava com lesão no joelho. 
 
Com o empate em 1 a 1 na primeira partida, o Vitória precisa de um empate em 0 a 0 ou um triunfo para avançar à quarta fase da competição. Caso aconteça um novo 1 a 1, a decisão será por pênaltis. Empates a partir do placar de 2 a 2, classificam o clube carioca. 
 

 A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) publicou nesta terça-feira (14), no Diário Oficial do Estado da Bahia, o edital de abertura de concurso público para 600 vagas nos níveis médio, técnico e superior. As vagas são destinadas a 64 municípios, contemplando unidades da Embasa em Salvador, região metropolitana e Interior. Os salários variam de R$ 1.122,84 a R$ 6.793,31, veja edital

As vagas de nível superior são oferecidas aos profissionais com formação em ciências contábeis, análise de sistemas, processamento de dados, ciência da computação, engenharia de computação ou sistemas de informação, engenharia civil ou engenharia de produção civil, engenharia sanitária ou engenharia sanitária e ambiental, e engenharia elétrica. 

Concurso da PM oferece 5 mil vagas; só na Bahia são 2,7 mil vagas

As vagas de nível médio-técnico são destinadas para técnicos em edificações e técnicos em eletromecânica. Já para o nível médio, há vagas para agente administrativo, agente operacional, assistente de laboratório e operador de processos de água e de esgoto. 

As inscrições para o concurso deverão ser realizadas pela internet, no site www.ibfc.org.br, a partir da 0h do dia 15 de março até às 23h59min do dia 5 de abril, sendo o dia 06/04/2017 o último dia para o pagamento do boleto bancário. 

Veja que saber das organizadoras para ter sucesso nas provas de concursos

O valor de inscrição será de R$ 60 para as funções de nível médio, R$ 80 para as funções de nível técnico e R$ 120 para as funções de nível superior.  A aplicação das provas está prevista para o dia 7 de maio, e serão realizadas nas cidades de Salvador, Barreiras, Feira de Santana e Vitória da Conquista. 

“Os candidatos que vierem a ser admitidos farão jus à remuneração, às vantagens e aos benefícios que estiverem vigorando a época das respectivas admissões, nos termos da legislação pertinente e do acordo coletivo de trabalho vigente”, explica a gerente da Unidade de Gestão de Pessoas da Embasa, Cássia Fortuna. 

Confira dicas para se preparar para os concursos de forças policiais

O prazo de validade do concurso, organizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), será de 6 meses, contados a partir da data da homologação do resultado final, podendo, a critério da Embasa, ser prorrogado uma vez por igual período, por conveniência administrativa da empresa.

 Após três derrotas consecutivas, que tiraram o time do G-4, o Universo/Vitória voltou a vencer no NBB. No Ginásio de Cajazeiras, na noite desta terça-feira (14), o Rubro-negro derrotou o Basquete Cearense por 82 a 68.

 
O destaque do Leão na partida foi Arthur, cestinha com 15 pontos marcados. Também se destacaram por pontos na equipe baiana Renato, Edu Mariano, Coimbra e André. Já o americano Dawkins foi o líder em assistências, com seis. 
 
O Vitória chegou a perder o primeiro quarto por 14 a 13, mas não deu chances ao Basquete Cearense e venceu o segundo e o terceiro quartos por 25 a 20 e 32 a 22, respectivamente. O último quarto terminou empatado em 12 a 12.
 
O Universo/Vitória, que segue na luta para voltar ao G-4, volta à quadra na próxima quarta-feira (22), novamente no Ginásio de Cajazeiras, diante do Macaé. 

 O Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (15) publica decreto de situação de emergência por estiagem em mais 106 municípios baianos pelo período de 180 dias. Os baixos índices pluviométricos registrados nos últimos seis anos, que estão afetando quase a totalidade do estado, foram levados em consideração pelo governador Rui Costa para assinar o decreto, fundamentado no Art. 1º da Instrução Normativa Nº 02 do Ministério da Integração Nacional.

Segundo o governo, a escassez das chuvas tem comprometido a regularidade no fornecimento de água potável e provocado graves prejuízos às atividades produtivas, principalmente à agricultura e à pecuária. Conforme o decreto, que passou pela análise da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec), todos os órgãos estaduais devem participar de ações com o objetivo de buscar soluções para restabelecer a normalidade e preservar o bem-estar da população. 

Com os outros 115 municípios que já haviam sido homologados pelo Governo do Estado, a Bahia passa a ter mais da metade dos seu municípios em situação  de emergência por estiagem, totalizando 221 cidades.

Confira a lista das cidades incluídas:

Abaíra,  America Dourada, Antonio Gonçalves, Aracatu, Barra do Choça, Barra do Mendes, Boa Nova, Bom Jesus da Serra, Boninal, Boquira, Botuporã, Brejões, Brotas de Macaúbas, Brumado, Caetanos, Cafarnaum, Campo Alegre de Lourdes, Canarana, Candeal, Caraibas, Casa Nova, Castro Alves, Caturama, Central, Cipó, Conceição do Almeida, Condeúba, Contendas do Sincorá, Cordeiros, Érico Cardoso, Fátima, Filadélfia, Feira de Santana, Guanambi, Heliópolis, Iaçú, Ibiassucê, Ibipeba, Ibiquera, Ibitiara, Ibititá, Igaporã, Ipupiara, Irajuba, Iramaia, Iraquara, Itaguaçú da Bahia, Itaquara, Itatim, Itiruçú, Itororó, Ituaçú, Iuiú, Jacaraci, Jacobina, Juazeiro, Jussara, Jussiape, Lagoa Real, Lamarão, Licinio de Almeida, Macaúbas, Maetinga, Malhada, Marcionilio Souza, Milagres, Morpará, Morro do Chapéu, Mortugaba, Mulungu do Morro, Muquém do São Francisco, Nova Canaã, Nova Fátima, Nova Redenção, Nova Soure, Oliveira dos Brejinhos, Ourolândia, Palmeiras, Paramirim, Pedro Alexandre, Piatã, Pindaí, Piripá, Planalto, Presidente Dutra, Ribeira do Amparo, Rio de Contas, Santa Bárbara, Santa Inês, Sao Felipe, Sao Gabriel, Sao Jose do Jacuipe, Sátiro Dias, Sento Sé, Serrolândia, Souto Soares, Tanque Novo, Tanquinho, Tremedal, Uibai, Urandi, Valente, Várzea da Roca, Várzea do Poco, Wagner e Xique-Xique.

 

 

 Na manhã desta quarta-feira (15), considerado “Dia Nacional de Luta Contra A Reforma da Previdência” por diversos trabalhadores, após ocuparem a via principal da Avenida Antônio Carlos Magalhães, em Salvador, manifestantes também travaram a via exclusiva para ônibus, no sentido Avenida Tancredo Neves.

 
Em dia nacional de paralisação contra as propostas das reformas trabalhista e da Previdência Social do governo Michel Temer, centrais sindicais, e movimentos sociais prometem diversas manifestações no “Dia Nacional de Luta Contra A Reforma da Previdência”.
 
O dia nacional de luta terá participação da Central Única dos Trabalhadores da Bahia (CUTBahia) e outras centrais por toda a Bahia. Os movimentos dos trabalhadores da agricultura familiar e economia solidária, afetados com a reforma da Previdência, convocaram os trabalhadores para fecharem BR, BA e avenidas importantes de diversas cidades pela Bahia.
 
O texto da PEC 287, encaminhado ao Congresso Nacional pelo governo Temer em dezembro do ano passado é considerado por lideranças sindicais como um "desmonte" de todo o sistema previdenciário no Brasil, com objetivo de acabar com diretos adquiridos dos trabalhadores brasileiros, informam os líderes dos movimentos.
 

 O que é possível fazer em 16 minutos do dia? Em breve, dará para ir da Lapa até o Iguatemi usando o BRT. A estimativa da Prefeitura de Salvador, responsável pela obra, é que o percurso com o novo modal gere, em média, uma economia de tempo de 37% para quem vai de uma ponta à outra. O edital de licitação do primeiro trecho, que ligará o Parque da Cidade ao Iguatemi, foi lançado ontem pelo prefeito ACM Neto (DEM).

Com o primeiro trecho do BRT em pleno funcionamento será possível percorrer esse trecho de 2,9 km em sete minutos, aliviando a agonia do usuário de ônibus que fica preso no engarrafamento da Avenida Antonio Carlos Magalhães em horário de pico.

As obras do primeiro trecho têm um prazo de 28 meses para serem concluídas, a partir da data de assinatura do contrato com a empresa vencedora, que será conhecida num prazo de até 120 dias. Ou seja, até o final de 2019, o primeiro trecho deverá estar pronto. A projeção é que o sistema de vias exclusivas e preferenciais atenda a 31 mil pessoas por hora nos horários de pico até 2044.

 

Ainda não há, porém, previsão de quando todo o sistema vai funcionar. Será um corredor formado pela Avenida Vasco da Gama, Lucaia, Avenida Juracy Magalhães e Avenida ACM. Até que o trecho 2, entre a Lapa e o Parque da Cidade, fique pronto, a primeira etapa, quando concluída, vai operar com ônibus comuns adaptados, com portas dos dois lados. Os veículos biarticulados, característicos do modal BRT, serão usados apenas após o término da segunda etapa.

 Um idoso de 73 anos morreu após ser espancado e alvejado por tiros em Itinga, bairro de Lauro de Freitas, na manhã de terça-feira (14). O assassinato de Alcides Sebastião de Souza é investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). 

 
De acordo com a Polícia Civil, o crime ocorreu quando a vítima saía de casa para marcar exames para o filho, por volta de 6h, na Rua André Pereira, no Jardim Atalaia. A principal suspeita, conforme relatos de familiares à polícia, é que uma rixa antiga tenha motivado a morte.

 O Presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, participou nesta terça-feira, 14, do Encontro Regional para Enfrentamento da Obesidade Infantil, que estabeleceu metas para frear o crescimento do excesso de peso e obesidade no país. O encontro faz parte da implementação da Década de Ação das Nações Unidas para a Nutrição (2016/2025), que incentiva o acesso universal a dietas mais saudáveis e sustentáveis. O Governo Brasileiro é um dos principais apoiadores da agenda da ONU.

 
Durante o encontro o ministro da Saúde, Ricardo Barros, assumiu, em nome do Governo Brasileiro, o compromisso de atingir três metas: deter o crescimento da obesidade na população adulta até 2019, por meio de políticas intersetoriais de saúde e segurança alimentar e nutricional; reduzir o consumo regular de refrigerante e suco artificial em pelo menos 30% na população adulta, até 2019; e ampliar em no mínimo de 17,8% o percentual de adultos que consomem frutas e hortaliças regularmente até 2019.
 
“Nosso desafio é incentivar as pessoas a adotarem uma alimentação correta: descascar mais e desembalar menos. E é preciso ensinar desde cedo a manipular os alimentos. As crianças hoje, não tem oportunidade de acompanhar a preparação dos alimentos e aprender a cozinha-los. Além disso, o sedentarismo é alto e tem muito haver com a obesidade. Precisamos mudar os hábitos do dia a dia para enfrentar o desafio da obesidade”, afirmou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.
 
“O FNDE atua de forma intensa junto às comunidades escolares no sentido de incentivar a alimentação saudável para as nossas crianças. Nós proibimos que as escolas comprem, com recurso federal, itens alimentícios obesogênicos, como refrigerantes e alimentos com alto teor de açúcar e sódio. Exigimos ainda que ao menos três porções de frutas sejam servidas durante a semana para as crianças. Além disso, é preciso comprar ao menos 30% da alimentação escolar direto da agricultura familiar, o que garante o acesso a produtos mais frescos e com menos conservantes” afirmou o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, e acrescentou “o PNAE é referência mundial, porque se preocupa não só com a quantidade, mas com a qualidade daquilo que servimos no dia-a-dia dos nossos estudantes. Temos muito claro que é preciso construir hábitos alimentares na infância para termos uma sociedade adulta mais saudável, e é por isso que estamos trabalhando” finaliza.

 Um homem morreu e ao menos três pessoas ficaram feridas após um caminhão descer, desgovernado, a ladeira do Bambuí, na altura da Jaqueira do Carneiro, pouco depois das 17h desta terça-feira (14). O caminhão, que levava uma carga de areia, colidiu lateralmente com outros cinco carros que também desciam a ladeira antes de o carro de passeio que estava atrás de um ônibus parado no ponto. O condutor do veículo morreu e pelo menos cinco pessoas que estavam no ônibus ficaram feridas sem gravidade.

 Motorista do veículo de passeio atingido em cheio pelo caminhão, Emerson Abreu de Freitas, 35 anos, trabalhava como instalador da empresa de telefonia Vivo, e estava indo buscar o filho na escola no momento em que o acidente ocorreu. Ele ficou preso às ferragens, mas apesar do esforço das equipes de resgate, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. "Um homem muito bom, trabalhador, morava perto aqui de onde aconteceu o acidente, na Ladeira do Camurujipe. Deixa um filho de três anos. Faz uns três anos que a mãe dele perdeu o pai, só tem ele e o meu marido de filhos, ela está arrasada", contou a cunhada de Emerson, Evanês Nascimento. 

De acordo com o subtenente Mauricio Maciel, do 3º Grupamento de Bombeiros Militar (3º GBM/Iguatemi), a principal dificuldade no resgate foi o peso do veículo.  "Foi preciso o uso do reboque para afastar o caminhão e chegar ao carro que estava esmagado entre o caminhão e o ônibus. Inicialmente a notícia era de que havia duas vítimas dentro do carro, o que não se confirmou", detalha. O corpo só foi retirado mais de dias horas e meia após o acidente. Os bombeiros ainda tiveram trabalho para desmontar as ferragens que ficaram presas no para-brisa do caminhão, para poder liberar a via com o guincho do veículo que deve ser periciado para identificar as causas do acidente. Houve grande engarrafamento na região e o trânsito precisou ser parcialmente interditado no acesso a São Caetano (Rua do Bambuí) e em um trecho da Estrada de Campinas de Pirajá.

De acordo com a Central de Polícia, o acidente foi registrado às 17h16. Foi solicitada a presença do Corpo de Bombeiros, Samu, Salvar, Transalvador e PM no local. A 9ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM/Pirajá) também auxiliou no trabalho das equipes, controlando a presença de curiosos no local. Centenas de pessoas observaram a operação, o que chegou a atrapalhar o serviço dos agentes. "Até a nossa mobilidade e das equipes foram prejudicadas com os curiosos, além do risco que essas pessoas se expõe de acabarem se acidentando também", criticou o subtentente Maciel, dos Bombeiros, sobre a multidão que espreitava a tragédia. 

Segundo a Secretaria da Segurança Pública (SSP), duas vítimas foram encaminhadas pelo Salvar para o Hospital Geral do Estado (HGE). O estado de saúde delas não foi divulgado. Duas viaturas do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) também foram encaminhadas ao local do acidente e a Via Bahia, concessionária que opera a BR-324, também presta auxílio no local, para ajudar a liberar a pista. Uma equipe da Transalvador registrou a ocorrência na 4ª Delegacia Territorial (São Caetano), mas não há informações sobre o motorista do caminhão. 

 

 O principal suspeito de matar o cantor e compositor Felipe Yves, de 21 anos,encontrado morto em um matagal no bairro de Boca da Mata em Salvador, foi preso nesta segunda-feira (13), em Salvador. A informação foi divulgada pela Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA).

Ueslei Silva Sarinho, conhecido como "Heures", de 22 anos, é o terceiro suspeito de envolvimento no crime a ser preso. Conforme a SSP, ele foi localizado por equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) ao tentar fugir da casa de um irmão, localizada na Rua Pensilvânia, em Castelo Branco, onde estava escondido desde a morte da vítima.

Segundo a SSP, a prisão ocorreu depois que denúncias anônimas indicavam que o suspeito estaria no bairro, na casa de um parente. Na casa da mãe dele, localizada na mesma rua da casa do irmão, foi encontrado, embaixo de uma sapateira, um revólver calibre 38, que pode ter sido usado no crime contra o compositor. A arma será encaminhada ao Departamento de Polícia Técnica para ser periciada.

 

Autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo, Ueslei já possuia dois mandados de prisão em aberto por homicídios ocorridos na região de Cajazeiras, segundo a polícia. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a participação do traficante e de comparsas em mais dez assassinatos na capital baiana.

A SSP informou que Ueslei será apresentado à imprensa na terça-feira (14), às 11h, no auditório da Polícia Civil, no bairro da Pituba. A delegada Andrea Ribeiro, coordenadora de Narcóticos do Draco, e o delegado Guilherme Machado, coordenador da 2ª Delegacia de Homicídios Central, vão conduzir a apresentação.


Além de Ueslei, Andrei de Jesus dos Santos, conhecido como Lacoste, de 22 anos, e um adolescente de 17 anos já foram localizados pela polícia. Outro suspeito de envolvimento no crime contra o cantor, Railson Couto dos Santos, chamado de Penga, também de 22 anos, está foragido.

 O aposentado Geraldo Medeiros, de 72 anos, foi até uma agência da Caixa, nesta segunda-feira (13), em Goiânia, e descobriu que as empresas onde ele trabalhou como servente de pedreiro, ao longo de quase 40 anos, nunca fizeram depósitos do FGTS. Com sete carteiras de trabalho na mão, o idoso diz que ficou decepcionado ao consultar o saldo das contas inativas e ver que não tinha nada para receber.

“Eu trabalhei como servente em sete empresas na minha vida. Muitas delas faliram e nem pagaram meus direitos. Agora, é procurar alguma ajuda, um advogado, pra tentar descobrir se tem um jeito de reivindicar. Muito ruim saber que a gente serviu tanto tempo um lugar e, na hora do ‘vamos ver’,  de receber um dinheiro para dar aquela aliviada nas contas, ficar na mão”

 A partida entre Jacuipense e Flamengo de Guanambi, válido pela 7ª rodada do Campeonato Baiano, virou caso de polícia. Isso por que o volante camaronês Koffi acusou o treinador da Jacupa, Clebson Araújo, que venceu por 2 a 1, de injúria racial durante o encontro em Riachão do Jacuípe.

 
Em um lance que o camaronês chutou a bola perto do treinador adversário,  Clebson Araújo é acusado de ter chamado o estrangeiro de macaco. O fato causou confusão no momento inicial, mas a equipe de arbitragem não confirmou o ocorrido.
 
Apesar do bandeirinha, que estava perto do lance, não ter confirmado a ofensa racista, uma queixa foi prestada na delegacia de Riachão do Jacuípe. 

 O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federael (STF), disse que se impressionou com os indícios de que os crimes de corrupção e de lavagem de dinheiro possam ter sido cometidos por meio de doações legais, como acusa a Procuradoria-Geral da República (PGR) no caso da denúncia contra o senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

A Segunda Turma da Corte aceitou a denúncia contra o peemedebista, que teria registrado dinheiro de propina oriundo de caixa 1. “Se procedente, realmente, o que está sinalizado no horizonte, evidentemente, se chegou ao extremo. Ou seja, de se receber valores e tentar dar contornos de dinheiro limpo, mediante prestação de contas ao Judiciário Eleitoral. Isso é que estarrece”, afirmou o ministro em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo.

Marco Aurélio, no entanto, enfatizou que cabe ao Ministério Público  Federal “fazer as provas da culpa”, e que pesa a favor do réu a presunção da inocência. “Vamos ver o que se vai apurar”, disse.

A acusação da PGR é a de que os R$ 500 mil repassados oficialmente pela construtora Queiroz Galvão à campanha de Raupp ao Senado, em 2010, por meio de duas doações legais, seriam “propina disfarçada”, originária do esquema de corrupção estabelecido na Diretoria de Abastecimento da Petrobras.

 O presidente, diretor e fundador do Bloco Afro Malê Debalê, Ubirajara Fernandes Lopes de Souza, morreu aos 64 anos, neste sábado (11), em Salvador. O velório aconteceu na noite deste domingo (12), na sede do Bloco, no Abaeté. O sepultamento de Ubirajara será no Cemitério Municipal de Itapuã, nesta segunda-feira (13), a partir das 10h30.

 
Bira Malê, como era conhecido, estava internado no Hospital Alayde Costa, que fica no Alto da Terezinha, há um mês e teve uma hemorragia interna.
 
"Nosso bloco perdeu um de seus maiores amantes, um homem que tinha em seu coração os toques da música afro. Sua caminhada foi marcada por lutas e conquistas em nome do povo negro", diz trecho da nota publicada na página do Facebook do bloco.
 
Veja nota na íntegra:
Olá amigos, nosso bloco perdeu um de seus maiores amantes, um homem que tinha em seu coração os toques da música afro. Sua caminhada foi marcada por lutas e conquistas em nome do povo negro, e é um com sentimento de imensa tristeza que a diretoria do Malê Debalê informa que o velório de seu diretor presidente e fundador BIRA MALÊ, acontece hoje, às 19h, na sede do bloco em Itapuã, no Abaeté. Vamos juntos dar o adeus ao homem que ajudou a criar a história do nosso bloco.

 O Fantástico deste domingo (12) mostrou com exclusividade detalhes de investigações do Tribunal de Contas do Estado do Rio sobre a reforma no Maracanã para a Copa 2014. Os documentos mostram indícios de que recursos foram desviados em serviços e produtos superfaturados. As investigações apontam, por exemplo, termos aditivos suspeitos no contrato e gastos em duplicidade. O TCE-RJ concluiu que o superfaturamento da obra foi de R$ 211 milhões, em valores atuais e determinou a suspensão dos pagamentos às empreiteiras em outros contratos com o governo do estado do Rio. Nas mãos do Consórcio Maracanã, vencedor da licitação, formado pelas empreiteiras Odebrecht, Andrade Gutierrez e Delta engenharia, o custo da obra quase dobrou: saltou de 705 milhões de reais para 1 bilhão e duzentos milhões. Esta semana, o TCE-RJ determinou o arresto de recursos obtidos com a venda da concessão do estádio. O Ministério Público, por sua vez quer que as empreiteiras Odebrecht, Andrade Gutierrez e a Delta Engenharia devolvam aproximadamente R$ 200 milhões aos cofres públicos.

Segundo os documentos do TCE que o Fantástico teve acesso, as irregularidades na reforma do estádio para a Copa de 2014 teriam começado no projeto básico: o tribunal considera o documento impreciso, “acarretando significativas modificações entre o projeto básico e o executivo”. Além disso, vários itens da planilha de custos acabaram sendo alterados, o que o tribunal chama de “jogo de planilha”.

“Jogo de planilha é a substituição de itens, quando você substitui itens de menor valor por outros de maior valor, e são feitos diversos aditivos”, diz Aloysio Neves, presidente do TCE.

Ao todo, o contrato teve 16 termos aditivos. Como exemplo de como o TCE suspeitava de que consórcio manipulava os gastos com a obra estava valores gastos com a limpeza da estrutura de concreto com jato d’água de altíssima pressão, que custava R$ 30,64 o metro quadrado. Ele foi substituída pela limpeza com jato de menor pressão, mas com preço mais alto: R$ 37,58 o metro quadrado. A troca aumentou em R$ 577 mil o valor da obra.

As investigações apontam que também houve superfaturamento na compra de argamassa. O valor apresentado pelo consórcio era quase três vezes maior que o do mercado. Isso encareceu a reforma em mais de R$ 23 milhões.

O TCE constatou ainda gastos em duplicidade. É o caso do aluguel de guindastes para movimentação das estruturas metálicas no canteiro de obras. Esse serviço, entretanto, já estava previsto em outro item da planilha de custos. Dessa maneira, foram gastos mais R$ 2,7 milhões.

Outro exemplo de como o dinheiro público teria sido desviado segundo o TCE foi uma irregularidade na contratação de equipes de limpeza. A previsão era contratar 18 equipes de limpeza por mês para remover os entulhos da obra. Cada equipe contaria com uma retroescavadeira, um caminhão e 16 serventes. Só que nas vistorias, o TCE encontrou apenas três funcionários fazendo a limpeza. E pior: lixo e entulho acumulados em vários pontos do estádio.

Outro ponto era a cobertura do Maracanã. No projeto básico, a cobertura original seria mantida, mas o consórcio condenou a estrutura e decidiu construiu uma nova, que custou R$ 274 milhões.A cobertura é parecida com a do estádio da cidade do cabo, na África do Sul, construído para a copa de 2010, mas a do Maracanã custou cinco vezes mais.

Suposta propina em denúncia contra Cabral

O Ministério Público também afirmou que houve irregularidades no processo de licitação para a reforma do Maracanã. Nesta sexta, ele entrou com uma ação civil pública para responsabilizar as empresas do Consórcio Maracanã e mais 9 pessoas ligadas ao governo do Rio na época por improbidade administrativa. O órgão também pede o bloqueio dos bens das pessoas supostamente envolvidos. 

A suspeita de favorecimento ao Consórcio Maracanã foi apontada também pela delação da Andrade Gutierrez à Justiça, que apontou a formação de cartel. A empresa afirma que houve um acordo entre as empreiteiras e o governo do Rio para direcionar a licitação e que as empresas pagaram propina pra serem escolhidas. Esta foi uma das denúncias que levaram à prisão do ex-governador do Rio, Sérgio Cabral, na Operação Calicute.

Hudson Braga, ex secretário de obras do governo do estado do Rio na gestão de Sergio Cabral, e que também foi preso na operação, está na lista das pessoas que podem ter os bens bloqueados pela Justiça.

Segundo o Ministério Público, os outros envolvidos são o ex- presidente da Emop - empresa de obras públicas, Ícaro Moreno, além de autores do projeto básico e membros da comissão de fiscalização das obras do Maracanã.

A Delta e a Andrade Gutierrez disseram que não vão se pronunciar. A Odebrecht afirmou que está colaborando com as investigações.

O advogado de Hudson Braga também foi procurada pela equipe do Fantástico, mas não respondeu aos questionamentos. A Emop afirmou que já respondeu ao Tribunal de Contas ao Estado e que agora aguarda as investigações do TCE

 Polícia Civil deve concluir nesta segunda-feira (13) o inquérito que apura denúncia de agressão do cantor sertanejo Vitor Chaves Zapalá Pimentel, de 41 anos, da dupla sertaneja Victor & Leo, contra a mulher dele, Poliana Bagatini Chaves, de 29. O cantor prestou depoimento neste domingo (12) na delegacia de mulheres, em Belo Horizonte. O artista foi ouvido por duas horas. A mãe dele, Marisa Chaves Zapalá Pimentel, de 65, e a irmã, Paula Chaves Zapalá Pimentel, também foram ouvidas, por cerca de uma hora cada uma.

Victor é suspeito de agredir a mulher dele, que está grávida. No dia 24 de fevereiro,ela foi a uma delegacia e fez uma queixa contra o marido. De acordo com o boletim de ocorrência, Poliana disse que foi agredida pelo marido por motivos fúteis, que foi jogada no chão e recebeu vários chutes. Afirmou que, depois das agressões, foi impedida de sair do local por um segurança e pela cunhada.

No mesmo dia, a mãe de Victor também prestou queixa na polícia, e deu outra versão. No boletim de ocorrência, ela disse que Poliana foi ao apartamento dela transtornada e de forma agressiva fez ameaças e quebrou vários objetos.

Marisa Chaves afirmou aos policiais que a irmã do cantor tentou acalmar Poliana e que Victor segurou o braço da mulher, pedindo que se acalmasse. Marisa afirmou que a nora se atirou no chão chorando e se debatendo.

Poliana Bagatini publicou uma carta em um perfil de rede social em que afirmou que em momento algum considerou que tivesse ocorrido qualquer crime, principalmente, praticado por Victor.

Em uma entrevista exclusiva à TV Globo, o cantor negou a agressão. A repórter Aline Aguiar perguntou ao artista se houve agressão. Victor respondeu: “Absolutamente. Eu nunca agredi ninguém na minha vida e muito menos a minha mulher, grávida do João”, disse à época.

 Nesta segunda-feira (13), o empresário Emílio Odebrecht, dono do Grupo Odebrecht, presta depoimento ao juiz federal Sérgio Moro. Ele foi arrolado como uma das testemunhas de defesa do próprio filho, Marcelo Odebrecht, preso desde junho de 2015, após desdobramentos da Operação Lava Jato.

 
A audiência começa às 9h e será realizada por videoconferência. Além dele, outras 15 pessoas vão prestar depoimento nesta segunda-feira. Entre elas, está o vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles (PP) e o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, que foram arrolados como testemunhas por Palocci.
 
O trabalho das oitivas vai durar todo o dia. No período da tarde, outra videoconferência será realizada para ouvir testemunhas que estão no Rio de Janeiro, como Dornelles. Apenas uma testemunha, arrolada pelo ex-diretor da Petrobras Renato Duque, será ouvida presencialmente por Moro.

 O ano de 2017 está cheio de oportunidades para quem quer ser policial. Só em concurso públicos já autorizados e em fase de elaboração  são mais de 5 mil vagas em todo o Brasil, sendo que mais da metade delas estarão na Bahia.

A Secretaria da Administração do Estado da Bahia (Saeb) confirmou a realização de certame para este ano, mas informou que ainda não há data definida para a publicação do edital. A fase atual, segundo a Saeb, é a de contratação da empresa organizadora. A remuneração, composta de soldo e gratificação, é de R$ 2.050,20 (30 horas) e R$ 2.585,05 (40 horas) para ambos os cargos. Estão previstas 2 mil vagas para soldado da PM e 750 para bombeiros militares.

Para quem almeja um cargo na Polícia Federal (PF), também já é hora de começar a se preparar. O Ministério de Planejamento, Orçamento e Gestão já solicitou a realização do concurso, que prevê 1.758 vagas: 600 para escrivão, 600 para agente, 491 para delegado e 67 para perito. Não há data prevista, mas a seleção é das mais concorridas, pois podem concorrer candidatos com formação superior em qualquer área. 

A Polícia Rodoviária Federal também está autorizada a realizar concurso este ano. O trâmite para a divulgação do edital segue no Ministério do Planejamento. O pedido da PRF ao órgão é para abrir 1,3 mil vagas.

Civil
Quem também deve divulgar o edital ainda este ano é a Polícia Civil do Rio Grande do Norte (PC-RN). O processo já está em tramitação. Possivelmente,  as vagas serão para delegado, salário de R$ 15.288,90, e agente e escrivão, remuneração de R$ 3.755,48.

Diante da concorrência, Geovane Moraes, professor de Direito Penal do CERS Cursos Online, afirma “não é fácil passar de primeira”, e que o concurseiro deve ter persistência e focar nos estudos.

 A partir desta segunda-feira (13), o trecho de 700 metros da Avenida Oceânica entre o Farol da Barra e o restaurante Barravento será reaberto à circulação de veículos durante a semana. A abertura terá uma fase de testes que começa imediatamente e segue por tempo indeterminado.

O local não recebia a circulação de carros há mais de dois anos, desde que a orla da Barra foi reinaugurada, em agosto de 2014, e o piso compartilhado deu espaço ao pedestre. Os motoristas, desde então, se habitauram com outro desenho de tráfego. 

Agora, a passagem de carros no trecho terá sentido único em direção Rio Vermelho. Até ontem, não era permitida a passagem de veículos nesse trecho da Oceânica e os motoristas precisavam, obrigatoriamente, entrar na Rua Afonso Celso para retornar à orla pela Rua Airosa Galvão, próximo ao Cristo. O trecho reaberto aos carros, no entanto, continuará fechado aos ônibus, que farão o mesmo trajeto que já executam.A reabertura, mesmo que em fase de testes, já é comemorada. “Uma excelente ideia. O movimento caiu muito quando suspenderam (a circulação)”, afirma o vendedor de coco Jorge Antônio Rodrigues Brás, 57 anos.

“Foi uma demanda de comerciantes e moradores. É um período de teste que não tem prazo. Fluindo bem, fica definitivo. Devemos fazer alguns ajustes, como a questão semafórica. A sinalização horizontal não será feita definitiva por causa do período de teste”, declara o superintendente da Transalvador.

Moradores aprovaram a mudança. “Vai desafogar a Afonso Celso, que antes era uma tranquilidade. Hoje, é barulhenta e poluída por causa da quantidade de veículos”, opina a bibliotecária Rose Seixas, 58, moradora há 20 anos. O marido dela, o engenheiro civil Ricardo Brito, 59, compartilha da mesma opinião, mas faz uma ressalva. “A solução daqui é colocar de volta a mão dupla na Marquês de Caravelas”, diz. 

Para alguns pedestres, a mudança também é sinônimo de mais segurança. “Sem os carros, durante a semana, à noite, isso aqui fica um deserto. Com os carros, agora, o movimento de pessoas vai aumentar e, consequentemente, será mais seguro”, diz a aposentada Lígia Regis, 75. 

Mas teve gente que disse preferir quando a circulação na Barra era restrita aos pedestres. “A minha clientela é de quem vem andando com crianças ou cachorros. Com os carros de volta, teremos prejuízo porque isso inibirá esse público específico”, declara Alessandra da Paixão Silva, 38, balconista da Tapiocaria do Farol. 


Com a mudança, a continuação da Avenida Oceânica, no trecho que vai da altura do Barra Center até a Rua Airosa Galvão, passará a ser de mão dupla, e não apenas em sentido único rumo ao Farol. 

Ainda de acordo com Muller, a velocidade no trecho também será de 30 km/h, como nos outros pontos do piso compartilhado no bairro. 

Será permitido o estacionamento de veículos no trecho liberado, do lado oposto ao mar.“Uma excelente ideia. O movimento caiu muito quando suspenderam. Muita gente deixou de

Entrevistas
Entrevista com o Ex-Prefeito de Governador Mangabeira, Antonio Pimentel
Galeria de Fotos
Muritiba: Final do Campeonato Interbairros 2015


Mídia TV
VT Prefeitura de Muritiba: Mais de 250 famílias recebem água no Pernambuco
Mural de Recados
curioso, Governador Manga escreveu para Anderson Bella
" Anderson em nossa cidade a coisa pegou fogo na escolha do presidente da câmara a situação esperava uma coisa e foi outra dai a edil da situação baixou o nível como é peculiar da parte dela afinal é filha da prefeita e acha q todos tem q obedecer a ela mas quebrou a cara . tomara as coisas comecem a mudar em nossa cidade pq parece q n temos governantes. obrigado "
Fã Mangabeira FM 87.9 escreveu para Anderson Bella
"Anderson quando tu vai voltar a fazer seu programa comando geral estou esperando abraço "
Podcast
Duda Macedo, Jorge França e o Ovo
Prefeito Duda Macedo discute ao vivo com radialista